MACEO PLEX

04. MAR / SAB

MACEO PLEX

Se Maceo Plex começou a comprar discos em 93, mais ou menos ao mesmo tempo que comprou o primeiro gira discos, então é simples deduzir que todos esses anos culminaram na maturidade que agora apresenta, seja como Maceo Plex, Maetrik (a denominação que usa para a sua música mais, digamos, musculada) ou mesmo na Ellum, editora onde vai lançando o que diz ser a sua visão para o futuro do House, Disco, e Techno. uma plataforma plural que usa não só ao seu serviço mas dos artistas em cuja qualidade acredita firmemente. Só para abrir o apetite, já por lá passaram Danny Daze, Shall Ocin ou mesmo Agoria.
Longe de ser uma estreia, Maceo é mais um daqueles que garante festa e arrasta multidões mas que o faz com base numa carreira consolidada: ora como camaleónico produtor, ora como surpreendente DJ – não se admirem se a meio de um set o virem tirar o pó a um qualquer tema trancey dos anos 90, lado a lado com a últimas novidades capazes de quase arrancar do chão qualquer portentoso infragrave. Música cheia para preencher qualquer sala ou festival, mas cheia de quê? Essas tais todas influências de décadas de paixão pelo que faz, bem transformadas em algo único e pronto a ser denominado, sem pretensiosismo, a sua sonoridade muito própria. Já passou algum tempo desde que temas como “Stay High Baby” fizeram tremer Santa Apolónia, mas a verdade é que os que se seguiram, continuaram a fazê-lo – e continuarão. Desta feita, é o próprio que nos vem apresentar uma selecção de música ávida de nos confirmar ainda mais o seu estatuto como um dos imprescindíveis dos últimos anos.
- Inês Duarte

  • E
  • R
  • A
  • H
  • S
LuxFrágil
AV. INFANTE D. HENRIQUE, ARMAZÉM A
CAIS DA PEDRA A STA. APOLÓNIA
PT-1950-376 LISBOA
T +351 21 882 08 90
F +351 21 882 08 99
LUX@LUXFRAGIL.COM